Santa Unção

Santa Unção

 

“Algum de vós está doente? Chame os presbíteros da Igreja e que estes orem sobre ele, ungindo-o com óleo em nome do Senhor. A oração da fé salvará o doente e o Senhor o aliviará; e, se tiver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados”. (Tg 5, 14-15).

 

Como todos os sacramentos, a Santa Unção, também conhecida por Unção dos Doentes ou dos Enfermos, é uma celebração litúrgica e comunitária, quer tenha lugar no seio da família, quer no hospital ou na igreja, para um só doente ou para um grupo deles.

 

Este Sacramento vem em auxílio das pessoas confrontadas com alguma inquietação, com as dificuldades de uma doença grave ou com as limitações próprias de uma idade avançada. Assim, considera-se como tempo oportuno para a recepção deste sacramento, o momento em que os fiéis começam a estar em perigo de vida.

 

Este sacramento tem por finalidade conferir uma graça especial ao cristão que enfrenta as dificuldades inerentes ao seu estado, dando-lhe conforto, paz, coragem, e também o perdão dos pecados, se o doente não se poder confessar. Este sacramento consente por vezes, se for a vontade de Deus, também a recuperação da saúde física. Em todo o caso, esta Unção prepara o doente para a passagem à Casa do Pai.

 

O Sacramento da Santa Unção pode ainda administrar-se mais de uma vez por ano se o doente, depois de ter recebido a Unção, convalescer e recair de novo ou se, no decurso da mesma doença, o seu estado se tornar mais grave (cf. Constituição Apostólica Sacram Unctionem Infirmorum, pp. 13-15).

 

A celebração deste sacramento consiste essencialmente na unção com óleo benzido pelo Bispo, na fronte e nas mãos do doente (no rito romano, ou também noutras partes do corpo segundo outros ritos), acompanhada da oração do sacerdote, que implora a graça especial deste sacramento.

 

O sacramento da Santa Unção, quando solicitado à nossa paróquia, é celebrado prontamente pela equipa pastoral. No caso de haver necessidade de o sacerdote se deslocar à casa do enfermo, o pedido para a celebração deste sacramento deverá ser formulado através de um dos contactos da paróquia.